5-erros-imperdoaveis-na-limpeza-da-casa.jpeg

5 erros imperdoáveis na limpeza da casa

A gente sabe que quem tem uma rotina agitada de trabalho acaba fazendo a limpeza da casa no piloto automático, não é? Mas, mesmo no corre-corre diário, é preciso estar atento para não cometer erros imperdoáveis na hora das tarefas domésticas.

Afinal, muito mais do que manter o seu lar agradável, confortável e pronto para receber os amigos, uma casa limpa garante também a saúde e o bem-estar de toda a sua família.

Para quem tem trabalha em jornada dupla e precisa equilibrar trabalho e família com os afazeres domésticos, planejar uma rotina detalhada das tarefas e escolher os produtos de limpeza adequados é fundamental para ganhar tempo e não comprometer a faxina.

Foi pensando nisso que trouxemos neste artigo os cinco erros imperdoáveis na limpeza da casa. Você pode até não ter tempo para se dedicar ao máximo às tarefas domésticas, mas, atentando-se aos erros mais comuns do processo, você já saberá por onde começar e, consequentemente, tornará tudo mais fácil e prático. Confira o que não deve ser feito:

1. Não utilizar produtos hipoalergênicos nem se proteger com luvas

Garganta arranhando, olhos irritados, nariz coçando, corpo dolorido, dor de cabeça, mãos ásperas e tosse contínua. Esses são sintomas clássicos de quem não se previne na hora de fazer a limpeza da casa. Pequenas atitudes, no entanto, podem evitar que você comprometa sua saúde durante a faxina.

Talvez você não saiba ao certo as especificações técnicas dos produtos de limpeza de base vegetal e hipoalergênicos, mas, com toda certeza, sabe que eles estão revolucionando o mercado e ganhando cada vez mais adeptos. No caso dos materiais de limpeza, eles são, sem dúvida alguma, as melhores opções para limpar a casa de forma segura e eficaz.

Ao contrário dos materiais convencionais, os produtos de limpeza naturais de base vegetal e hipoalergênicos, são fabricados com matéria-prima 100% vegetal, ou seja, não apresentam elementos petroquímicos em sua fórmula, o que os torna totalmente biodegradáveis e menos agressivos à saúde e ao ambiente.

Por isso, os produtos de limpeza de base vegetal e  hipoalergênicos andam lado a lado com o bem-estar e a sustentabilidade. Ao mesmo tempo em que esses produtos protegem você e sua família das possíveis alergias e danos à saúde ocasionados pelos materiais de limpeza comuns, eles também contribuem para a preservação do meio ambiente, eliminando a emissão de elementos tóxicos que poluem o solo, a água e o ar.

Mas, para garantir que o produto à venda no mercado é biodegradável — de formulação natural — e hipoalergênico, é preciso conferir o rótulo com as informações do fabricante. E lembre-se: todo material que se diz biodegradável precisa apresentar o selo de certificação ambiental em sua embalagem.

Mesmo com todos esses cuidados na hora de escolher os produtos corretos para a faxina, não se esqueça de utilizar luvas durante o processo, redobrando assim o cuidado com as suas mãos.

Outra dica é evitar luvas de látex ou de borracha. Prefira aquelas que têm forro de algodão, pois esse material garante melhor proteção e é mais confortável.

2. Lavar as janelas em dias ensolarados

Sabemos que lavar as janelas em um dia de sol pode ser muito mais agradável. No entanto, o resultado final da limpeza fica comprometido. Isso porque o calor intenso resseca muito rapidamente o sabão, detergente ou limpa-vidro, formando manchas nos vidros antes mesmo que você termine de enxaguá-los.

Então, para esse tipo de serviço, o ideal é aproveitar o fim de tarde ou os dias nublados. Afinal, você não vai querer ter que repetir o processo logo em seguida, não é? Outra sugestão é utilizar panos de microfibra para acelerar a secagem e garantir melhor acabamento.

3. Borrifar os produtos de limpeza diretamente nas superfícies

Tudo bem que, quando o local está bastante sujo, é recomendado aplicar o produto diretamente na superfície, inclusive deixando um tempo de molho conforme as instruções do fabricante contidas na embalagem. No entanto, para a maioria dos casos, vale o oposto: nunca aplique o produto diretamente nas superfícies, pois isso pode deixar resíduos desnecessários ou até mesmo manchar o móvel ou objeto.

Não tem segredo. Basta borrifar a solução sobre um pano de microfibra — que não solta fiapos — e passá-lo delicadamente sobre as superfícies, sem a necessidade do esfrega-esfrega.

4. Limpar superficialmente manchas de líquido

Entornou vinho no carpete? Azeite na toalha de mesa? O cachorro fez xixi no tapete? Nem pense em esfregar a mancha superficialmente e achar que finalizou o serviço. Para esses casos, infelizmente, é preciso um pouco mais de trabalho.

Isso porque, se você não remover o líquido da camada mais profunda da superfície atingida, a mancha irá piorar ao longo prazo, reaparecendo eventualmente e podendo deixar odores.

Caso ocorram acidentes desse tipo, utilize um papel-toalha assim que notar a mancha, pois ele vai absorver o máximo possível do líquido derramado. Logo em seguida, lave o local.

5. Pensar que enxaguar a esponja é o suficiente

Certamente a cozinha é o lugar mais propício aos erros na hora da limpeza, já que é um ambiente de grande proliferação de microrganismos. Saiba que guardar a esponja encharcada ou junto do sabão, por exemplo, também são erros imperdoáveis. Isso porque os poros da esponja escondem diversas bactérias presentes nos restos dos alimentos, de modo que não adianta apenas enxaguá-la.

Para matar os germes, o ideal é lavar a esponja diariamente com água em temperatura superior a 60 graus, torcê-la bem e guardá-la em local seco para escorrer o restante da água. Além disso, a esponja da cozinha deve ser trocada por uma nova a cada semana. O mesmo vale para os panos e rodos de pia.

Esta regra é unânime em toda casa, mas não custa lembrar: jamais utilize a esponja ou pano da cozinha em diferentes cômodos da casa ou para diferentes finalidades.

Viu só? Aposto que com essas dicas você ficou muito mais confiante e tranquila para acertar na limpeza do seu lar, não é?

Utilizando os materiais de limpeza adequados e planejando um cronograma de faxina conforme a sua rotina e as necessidades da sua casa, você garante o bem-estar e a saúde da sua família e ainda evita a emissão de elementos químicos que poluem o ambiente e comprometem nossos recursos naturais.

Quer mais sugestões de como agir de maneira ecologicamente correta? Então não deixe de conferir estas dicas sobre como tornar a sua casa mais sustentável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This