atencao-confira-5-produtos-de-limpeza-que-podem-fazer-mal-a-saude.jpeg

Atenção! Confira 5 produtos de limpeza que podem fazer mal à saúde

Em busca de uma casa limpa e cheirosa, muitas pessoas colocam em risco a própria saúde. E, na maioria das vezes, sem saber. Isso porque há diversos produtos de limpeza à venda no mercado que podem fazer mal ao organismo.

Os mais perigosos são aqueles que matam bactérias e fungos. Eles contêm substâncias químicas fortes que, se não forem manipuladas corretamente ou se utilizadas por pessoas alérgicas, podem causar uma série de problemas à saúde.

Siga a leitura deste post e descubra os danos provocados por alguns produtos de limpeza e as alternativas possíveis!

Que produtos de limpeza fazem mal à saúde?

Por terem em sua composição substâncias fortes, corantes e aromas, é muito comum que os produtos de limpeza causem irritação, alergias na pele e até problemas respiratórios.

Ardor, coceira, vermelhidão, descamação da pele e tosse são alguns dos sintomas. Em casos mais graves, pode haver ainda inchaço, aparecimento de bolhas e falta de ar.

Conheça os perigos de alguns produtos de limpeza presentes na maioria das casas:

1. Detergente para máquina de lavar louça 

Esse produto, na sua versão convencional, contém amoníaco, substância que, quando aquecida, libera o gás amônia, que pode causar irritações na pele, nos olhos e até problemas respiratórios.

2. Amaciante de roupa

Assim como os detergentes para máquina de lavar louça, os amaciantes convencionais também contêm amoníaco.

Como a roupa fica em contato direto com o corpo, e algumas peças próximas ao nariz, as reações alérgicas costumam ser bem desagradáveis. Esse produto não é indicado, por exemplo, para lavar as roupas do bebê, que ainda não tem o sistema imunológico totalmente formado.

3. Água sanitária

O hipoclorito de sódio, presente na composição da água sanitária, é outro grande vilão. Ele libera o gás cloro, mesmo que utilizado em baixa concentração. Esse gás pode provocar dores de cabeça, lacrimejamento e irritação das vias aéreas. Se a pessoa for asmática, o contato com a água sanitária pode piorar o quadro.

4. Desentupidores de ralo

Esses produtos contêm soda cáustica e nitrato de potássio, uma mistura corrosiva.

Assim como o querosene e outras substâncias à base de solventes, os desentupidores de ralo são altamente inflamáveis e podem causar irritações nos olhos e na pele. Em altas doses, podem levar à morte.

5. Desodorizantes de ambiente

Aquele cheirinho agradável que os desodorizantes deixam na casa esconde alguns perigos. Como apresentam paradiclorobenzeno em sua fórmula, esses produtos, além de provocarem alergias respiratórias e irritação na pele e nos olhos, podem causar danos graves ao fígado e ao sistema nervoso central.

Como evitar esses problemas?

O primeiro cuidado que toda pessoa deve ter é ler os rótulos dos produtos de limpeza. Siga à risca as instruções de uso! Dessa forma, é possível aproveitar toda a eficiência do produto sem correr riscos. E, de preferência, utilize luvas.

Outras regras básicas devem ser seguidas, como:

  • evite o contato direto com os olhos e com a pele;
  • utilize os produtos em ambientes arejados;
  • lave bem as mãos após o uso do produto;
  • mantenha o produto em sua embalagem original;
  • conserve o produto bem fechado e longe do alcance das crianças;
  • não é recomendável guardar produtos de limpeza perto de fogão, geladeira ou alimento.

Também tenha muito cuidado com os produtos vendidos sem rótulo, preparados de maneira caseira. Sua eficácia é duvidosa, já que as substâncias utilizadas no preparo nunca são de qualidade.

Além disso, é impossível saber o que realmente está dentro daquele frasco. Não há nenhum tipo de controle. Caso você passe mal utilizando um desses produtos, sequer saberá qual substância realmente causou o problema.

Outro grande perigo é a mistura de produtos de limpeza. Uma das mais comuns é da água sanitária com o amaciante, muito utilizada para lavar roupa. Quando esse dois produtos se juntam, liberam cloroamina, um gás facilmente absorvido pelo corpo e que pode causar desde irritações até sangramentos e problemas graves no fígado e nos rins.

Algumas misturas também podem ser explosivas. Esse é o caso do nitrato de potássio presente nos desentupidores de pia quando misturado ao amoníaco do detergente. Nunca faça isso!

Existem alternativas a esses produtos perigosos?

Mesmo tomando todos os cuidados necessários, algumas pessoas mais sensíveis sofrem com os danos causados pelos produtos de limpeza. Crianças e animais de estimação também são mais suscetíveis a esses problemas. 

Para evitá-los, o recomendável é utilizar produtos mais naturais. O vinagre branco de álcool, por exemplo, é um ótimo aliado da limpeza pesada. Ele desengordura, desinfeta, combate cheiros fortes e ainda é um excelente amaciante de roupas.

É possível até mesmo desinfetar vaso sanitário com vinagre. Basta limpá-lo com água e sabão de coco, e depois despejar um pouco do produto.

O vinagre misturado com água, em proporções iguais, ainda pode ser usado para retirar o cheiro deixado pela urina e fezes de animais de estimação. É só borrifar a mistura sobre tapetes e sofás, por exemplo. Essa mesma mistura também pode ser utilizada como amaciante de roupa, inclusive para as peças dos bebês.

Já o bicarbonato de sódio, por sua propriedade abrasiva, é indicado para tirar manchas de pias, banheiras e vasos sanitários. Quando misturado com vinagre branco, em proporções iguais, é um excelente desentupidor de pia. Para isso, 20 minutos depois de jogar a mistura no ralo, enxague com um litro de água fervente.

Os óleos essenciais puros em difusores elétricos ou réchauds a vela substituem perfeitamente os desodorizantes de ambiente.

Produtos de limpeza hipoalergênicos funcionam?

Sim! Os produtos de limpeza hipoalergênicos são excelentes alternativas. Além de não causarem danos à saúde, eles ainda preservam o meio ambiente, por serem biodegradáveis. São feitos a partir de matéria-prima vegetal e sem petroquímica. Isso é sustentabilidade!

Os laboratórios, durante a produção de hipoalergênicos, fazem uma série de testes para que sejam eliminadas todas as substâncias que possam desencadear alguma crise de alergia. Entretanto,para que esses testes nunca sejam feitos em animais, é necessario o selo na embalagem “não testado em animais”.

Além disso, os produtos hipoalergênicos são bem mais eficientes e práticos do que as soluções caseiras!

Agora que você já sabe quais produtos de limpeza fazem mal à saúde e as alternativas existentes, que tal conhecer os 5 erros imperdoáveis na limpeza da casa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This