conheca-os-tipos-de-produtos-de-limpeza.jpeg

Conheça os tipos de produtos de limpeza

Quando falamos de limpeza, imediatamente pensamos em água e sabão, certo? E se o assunto for aquela faxina mais pesada, são os tradicionais ácidos e solventes que logo tomam conta da nossa cabeça, não é?

Mas, para além da higiene do lar, precisamos pensar também no cuidado com o meio ambiente e, claro, no bem-estar da nossa família.

Você sabia que a maioria dos materiais de limpeza convencionais, por ser derivada do petróleo, pode causar danos irreversíveis à natureza e à sua saúde?

As substâncias químicas contidas na formulação desses produtos são capazes de alterar a estabilidade natural dos ecossistemas, afetando principalmente a oxigenação da água, sobretudo quando descartados de maneira incorreta. Essa contaminação prejudica também a fauna e a flora aquáticas além, é claro, do saneamento urbano.

É por isso que os produtos biodegradáveis — naturais, de base vegetal  — e com propriedades hipoalergênicas chegaram em boa hora nas prateleiras, revolucionando também o mercado dos materiais de limpeza e nos conscientizando para uma forma de consumo mais ecológica e sustentável, já que diminuem consideravelmente os impactos sobre o meio ambiente.

Para você entender melhor a diferença entre os produtos de limpeza convencionais e os materiais ecologicamente corretos, montamos este guia prático que vai te ajudar na hora das compras.

Com o consumo inteligente, você não prejudica nem dificulta a limpeza do seu lar e ainda contribui com a saúde da natureza e da sua família. Quer ver?

Produtos de limpeza convencionais

Como já foi dito acima, a maioria dos materiais de limpeza convencionais possui propriedades tóxicas, tanto ao meio ambiente quanto ao ser humano, plantas domésticas e animais de estimação.

Dentre eles, os alcalinos e ácidos são algumas das opções mais comuns no mercado, podendo ser encontrados também em versões mais leves. Mas, ainda assim, esses produtos devem utilizados com cautela, sempre com a proteção de luvas e máscaras. Entenda as diferenças:

Alcalinos

São aqueles produtos que possuem um ph entre 7 e 14.  Quanto maior o ph maior o poder de limpeza e mais perigoso se torna o produto tanto para as superfícies pois se torna corrosivo, como para o meio ambiente e para sua saúde, se manipulados incorretamente.  Um multiuso para limpeza geral normalmente tem um ph entre 10 e 10,5 que é o ideal para limpeza não muito pesada.  

Ácidos

Os produtos ácidos são aquele com ph entre 0 e 5. Por possuírem ação bactericida e fungicida, são muito utilizados para higienizar banheiros e cozinhas, que são locais de fácil reprodução de microrganismos. Esse tipo de produto é altamente corrosivo quando aplicado sobre tecidos, metais e até concretos.

Solventes

Extremamente químicos, são capazes de dissolver camadas de graxa e de óleo. Dentre os solventes mais comuns, destacam-se a acetona, o álcool e demais removedores de manchas. Esses produtos são inflamáveis e combustíveis, por isso, todo cuidado é pouco ao manuseá-los. O seu armazenamento deve ser feito longe de qualquer fonte de calor.

Sabões em barra e detergentes

Verdadeiros curingas na limpeza, são eficazes tanto em faxinas leves quanto nas pesadas. Dentre os tradicionais produtos citados neste tópico, o sabão em barra e o detergente de base vegetal são os menos tóxicos da lista. Até porque, por serem itens de uso comum, já estão disponíveis em versões biodegradáveis e hipoalergênicas, sendo também as opções mais baratas do mercado.

Produtos de limpeza biodegradáveis

Você pode até não saber ao certo as especificações desse tipo de produto mas, com certeza, sabe que os biodegradáveis de base vegetal estão revolucionando o mercado e ganhando cada vez mais adeptos. No caso dos produtos de limpeza, eles são, sem dúvida, as melhores opções para realizar faxinas eficazes e seguras.

Ao contrário dos materiais de limpeza tradicionais, os produtos naturais são assim em razão de eles serem fabricados a partir de matéria-prima vegetal, não apresentando elementos petroquímicos em sua composição, tornando-os 100% biodegradáveis.

Além de contribuírem para a redução do lixo tóxico que polui o solo, a água e o ar, também evitam reações alérgicas em quem os utiliza, já que possuem formulações mais “limpas” e, por isso, menos agressivas. Para saber se o produto à venda no mercado é biodegradável — de base vegetal  —, basta observar o rótulo com as informações do fabricante.

Todo material biodegradável possui um laudo de certificação ambiental, confirmando que o produto atende às normas nacionais e internacionais de biodegradação e compostagem, comprovadas via testes laboratoriais de segurança e certificação de suas propriedades. Conheça as diferenças:

Naturais

Os produtos de limpeza naturais são todos aqueles de base vegetal, ou seja, de fontes renováveis e são os melhores para o meio ambiente e para a nossa saúde pois não são tóxicos e não causam alergias.

Hipoalergênicos

Os produtos hipoalergênicos de base vegetal, livres de petroquímica, são indiscutivelmente os mais seguros do mercado, podendo ser utilizados pela maioria da população. O processo de fabricação desse tipo de produto consiste em retirar de sua formulação o máximo possível de substâncias que tendem a causar qualquer tipo de alergia.

Nesse caso, as substâncias prejudiciais são substituídas por agentes diferenciados, porém, de mesmo princípio ativo. Por isso, os materiais hipoalergênicos tendem a ser mais caros, mas vale lembrar que o custo-benefício é muito vantajoso.

Agora que você já sabe as diferenças entre os diversos tipos de produtos de limpeza, ficou ainda mais fácil de escolher as melhores opções disponíveis no mercado, que vão te ajudar a cuidar bem da sua casa, do meio ambiente e, claro, da sua saúde e do bem-estar da sua família.

Seu primeiro passo para a sustentabilidade já foi dado. Mas, além de preferir materiais de limpeza ecológicos, considere também uma mudança nos seus hábitos de higienização, seja de ambientes domésticos, comerciais ou hospitalares: utilizar o aspirador de pó, por exemplo, pode ser muito mais vantajoso e seguro do que lançar mão de produtos químicos.

Outra dica é evitar o uso de materiais descartáveis, como papel toalha, durante a limpeza: tecidos e panos velhos são ótimos aliados na faxina e diminuem consideravelmente o volume de lixo acumulado.

Tá vendo? Existem várias possibilidades de cuidar da sua casa e da natureza ao mesmo tempo, com os produtos de limpeza adequados, sem estresse e em plena harmonia. Para mais dicas de sustentabilidade e meio ambiente, não deixe de assinar a nossa newsletter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This