O que é Biodegradável

O que é Biodegradável? Descubra aqui!

Você sabe o que é biodegradável? E produtos biodegradáveis de base vegetal? O meio ambiente os adora e seus usuários também, já que a função é equivalente à de produtos convencionais, mas com um fator agressor à natureza extremamente reduzido. Vamos descobrir mais a respeito deles e entender por que são importantes para a preservação do planeta?

Com mais um verão de calor intenso, muitos se perguntam se a natureza está ficando louca. Mas você já parou para pensar que o clima severo e os fenômenos inesperados podem ser, simplesmente, a resposta para nossas ações?

As contribuições negativas para a instabilidade da natureza são diversas e acontecem há muito tempo, mas hoje, além de possível, é extremamente simples colaborar com o futuro do planeta diretamente de casa. Basta começar por uma tendência que tende a crescer cada vez mais: os produtos biodegradáveis de base vegetal.

Entenda o que são produtos biodegradáveis

Biodegradável é o termo utilizado para determinar quanto tempo uma substância demora para se decompor no meio ambiente. No brasil, é lei desde 1998 que o tensoativo de qualquer produto de limpeza seja biodegradável.  Isto faz com que, tanto produtos naturais de base vegetal como petroquímicos podem ser classificados como biodegradáveis, no entanto muitos podem se degradar no meio ambiente deixando um rastro de doenças como cânceres e até mutações genéticas.

Como exemplo, os detergentes petroquímicos usados para lavar a louça possuem como ingrediente principal o tensoativo Linear Alquil Benzeno Sulfonato de Sódio, sendo que o benzeno, substância amplamente pesquisada é cancerígena.  Outras substâncias utilizadas como conservantes, corantes e fragrâncias sintéticas também são muito prejudiciais para nós e para o meio ambiente.

Por isso não basta um produto de limpeza ser apenas biodegradável, ele deve principalmente não ser tóxico.  Isto faz com que os produtos de base vegetal e certificados, como os da linha Biowash, sejam os mais indicados para sua saúde e do meio ambiente.

As moléculas biodegradáveis têm, geralmente, características lineares, facilitando as ações das enzimas que promovem uma taxa de reação muito maior quando comparadas às não-biodegradáveis — que são, na sua grande maioria, moléculas de cadeia carbônica ramificada, originada por compostos minerais, como o petróleo.

Segundo normas nacionais e internacionais, o que define o fator de biodegradabilidade dos produtos, atribuindo-se, assim, selos de qualidade biodegradável, é o tempo que tal substância demora para ser decomposta sob certas condições. Enquanto as substâncias de origem mineral, como os plásticos, por exemplo, tendem a levar décadas para serem totalmente decompostas, os produtos biodegradáveis têm esse período reduzido a semanas ou meses.

Cabe salientar, ainda, que os produtos não-biodegradáveis são classificados dessa forma porque o tempo necessário para que ocorra a sua decomposição natural é muito extenso. Contudo, ele também é degradado por ação biológica.

 


O que é Biodegradável?

  • Um produto Biodegradável é o termo utilizado para determinar quanto tempo uma substância demora para se decompor no meio ambiente.

 

Principais exemplos de produtos biodegradáveis

1. Plásticos

Um dos maiores problemas da humanidade quando o assunto é resíduo, os plásticos comuns são responsáveis por boa parte da poluição no ambiente. Presente em diversos produtos, sua utilização é feita em larga escala e parece cada dia mais indispensável.

Porém, o plástico comum, que é um polímero produzido a partir de componentes presentes no petróleo, é extremamente difícil de ser degradado em virtude de sua origem mineral. Alguns tipos de plásticos podem levar mais de um século para serem degradados no ambiente, e a concentração desse material é preocupante não só em terra, mas também nos mares.

Tipos de plástico biodegradáveis

Dentre os plásticos biodegradáveis, existem dois tipos: os naturais e os sintéticos.

Os plásticos biodegradáveis naturais, também chamados de biopolímeros, são produzidos a partir de compostos encontrados de forma natural em vegetais. Além disso, são recursos renováveis. Alguns exemplos desses polímeros naturais são os polissacarídeos produzidos pelas plantas, como a celulose, que é sintetizada naturalmente a partir da glicose, e o amido de milho.

Há ainda os polímeros que têm origem nos ésteres (poliésteres), sendo normalmente produzidos por bactérias e outras espécies de micro-organismos.

Dentre os polímeros sintéticos biodegradáveis, existem aqueles que podem sofrer degradação direta e aqueles que necessitam da adição de alguma substância química para acelerar o processo de oxidação que comumente seria demorado, levando à produção de compostos quimicamente mais simples, facilmente degradados pela ação biológica.

2. Detergentes

Muito antes da chegada dos plásticos biodegradáveis, os detergentes amigáveis já haviam sido criados por conta de sérios problemas que seus antecessores vinham causando ao meio ambiente. Também conhecidos como surfactantes ou tensoativos (substâncias que atuam na superfície), os detergentes são caracterizados por possuírem moléculas que têm afinidade química tanto com compostos apolares quanto polares, fator que o leva a realizar a mistura de substâncias que inicialmente não se misturariam.

Pelo fato de não serem facilmente degradáveis, os detergentes petroquímicos acabam gerando muita espuma nos corpos d’água, o que reduz a oxigenação da água e torna mais difícil a respiração e vida dos seres aquáticos.

Por conta disso, a legislação foi alterada em diversos países, proibindo a fabricação de detergentes desse tipo. Os biodegradáveis de base vegetal, então, se tornaram uma opção muito superior e se caracterizam por serem 100% biodegradáveis, não tóxicos e sustentáveis quando se pensa no meio ambiente.

Impacto dos produtos de limpeza petroquímicos

Como já mencionado, a principal diferença entre os produtos biodegradáveis de base vegetal e produtos biodegradáveis petroquímicos está na estrutura química das suas moléculas e a toxicidade das composições. Os biodegradáveis de base vegetal são 100% biodegradáveis, facilmente degradadas pela ação enzimática e bacteriana e não são tóxicos.  Os biodegradáveis de base petroquímica tem somente o tensoativo biodegradável que na maioria das vezes é tóxico sendo que o restante da formulação acaba não sendo biodegradável e na maioria dos casos é formada por moléculas ramificadas, oriundas de compostos minerais, que demandam muito mais processos e energia para que possam ser degradadas de forma natural.

Por sua dificuldade de degradação, os produtos comuns de origem petroquímica estão se tornando um problema cada vez mais sério, uma vez que seus resíduos vêm se acumulando no meio ambiente.

Os plásticos muitas vezes são confundidos com alimento e ingeridos por diversas espécies de animais. Além do potencial de fatalidade, isso impacta o ecossistema local e, em alguns casos, contamina a carne dos que servem de alimento para o ser humano.

No caso dos detergentes, a espuma formada nos cursos d’água reduz a oxigenação do corpo hídrico, acarretando na morte de diversos seres e prejudicando diretamente a fauna e flora local. Além disso, por não serem rapidamente degradadas, essas substâncias podem se infiltrar no solo e poluir os lençóis freáticos que servem para abastecer o consumo de água humano, causando uma série de problemas às pessoas.

Considerando todas estas diferenças, é evidente que o consumo dos biodegradáveis de base vegetal se tornou a melhor maneira de adquirir produtos de ótima qualidade e com minimo impacto ao meio ambiente. Além dos citados acima, outros produtos que aderiram à iniciativa são roupas, utensílios domésticos e fraldas.

O pensamento consciente para a proteção do meio ambiente é apenas um detalhe quando se fala em produtos biodegradáveis de base vegetal, já que suas vantagens são inúmeras. Sendo assim, que tal experimentar os produtos da Biowash, atestar a sua qualidade e ainda colaborar com a preservação da natureza?

Agora que você já sabe o que são produtos biodegradáveis, deixe um comentário com sua opinião sobre o tema e venha fazer parte desse mundo sustentável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This