passo-a-passo-aprenda-como-criar-sua-rotina-de-limpeza.jpeg

Passo a passo: aprenda como criar sua rotina de limpeza

Não há lugar no mundo como a nossa casa, não é verdade? Contudo, o cotidiano repleto de afazeres muitas vezes dificulta a limpeza e organização dela. Aos poucos, você acaba acumulando afazeres e, quando se dá conta, transformou-se em um “escravo da faxina”, sempre limpando algo aqui, alguma coisa acolá.

Porém, você pode mudar essa situação por meio de uma rotina de limpeza bem definida na qual o planejamento será o seu grande aliado. Foi justamente pensando nisso que preparamos este guia para lhe ajudar a colocá-la em prática. Acompanhe e aprenda o passo a passo!

Começando a rotina de limpeza

O primeiro passo para estabelecer sua rotina de limpeza é decidir por onde iniciar a organização, uma etapa que sempre deixa muitas pessoas em dúvidas e até mesmo receosas.

Para tanto, você deve listar todos os cômodos do seu lar. Em seguida, anote o que há para fazer em cada um deles, como lavar as louças, trocar o jogo de lençóis da cama, tirar o lixo e por aí vai.

Feito isso, estime quanto tempo cada uma dessas tarefas geralmente demanda da sua parte para serem completadas. Acrescente também a periodicidade que cada uma delas exige — se há coisas que podem ser feitas apenas uma vez por semana, outras a cada 15 dias e aquelas que, inevitavelmente, devem ser feitas todos os dias.

Apenas assim você chegará a uma listagem em que naturalmente ocorrerá uma separação de prioridade, seja quanto à função ou quanto ao recinto.

Montando seu cronograma

O grande erro que as pessoas cometem quando se trata de deixar seu lar arrumado é não pesar na balança a real necessidade de cada tarefa: elas já têm um dia a dia puxado, com muitas obrigações do trabalho, e quando chegam em casa vão fazer determinadas atividades que exigem muito tempo e dedicação.

Como resultado, elas estão exaustas em poucos minutos e não possuem mais energia para cuidar dos filhos ou dar a devida atenção aos animais de estimação.

Mas é possível mudar essa situação por meio de um cronograma: elaborado com o intuito de lhe ajudar a balancear e equilibrar da melhor forma seus afazeres domésticos, ele evitará o gasto desnecessário de energia nos momentos mais exaustivos de sua rotina, permitindo que você tenha tempo livre para seus filhos, bichinhos ou para seus próprios desejos.

Para começar, absorva as informações que você coletou no passo anterior e divida as funções em blocos de tarefas diárias, semanais e quinzenais.

A organização diária não passará de 15 a 30 minutos. A princípio, você pode até mesmo achar que é um período curto demais, mas acredite: será mais do que suficiente para você cumprir com suas obrigações e não acumular nada. Abaixo nós listamos alguns exemplos:

15 minutos

Aqui ficam as funções gerais e que envolvem mais de um recinto:

  • Varrer, aspirar e passar pano na casa;
  • Tirar o pó de objetos, móveis e itens decorativos;
  • Recolher brinquedos e outros itens de entretenimento espalhados pela residência;
  • Limpar áreas onde os pets possam ter deixado fezes ou urina;
  • Retirar o lixo.

30 minutos

Aqui ficam as funções que envolvem um só cômodo por atividade:

  • Trocar a roupa de cama dos quartos;
  • Limpar a pia, a bancada e o fogão;
  • Lavar as louças, talheres e demais utensílios sujos;
  • Checar geladeira e despensa para descarte de alimentos vencidos ou estragados.

Apenas com essa etapa você já sentirá um impacto muito grande no seu cotidiano. O seu lar ficará mais arrumado e você mal perceberá que realizou determinada ação de tão automática e rápida que ela será.

Porém, é claro, seu cronograma não acaba aqui: é hora de separar os demais deveres. Nessas próximas fases, é importante deixar tudo aquilo que demanda mais tempo e esforço e pode ser feito no final de semana, por exemplo. 

Começando com tudo aquilo que pode ser feito, pelo menos, uma vez a cada 7 dias: 

  • Limpeza da área de serviço ou do banheiro;
  • Lavar e passar roupas;
  • Definir o cardápio das refeições dos próximos dias;
  • Limpar janelas;
  • Lavar azulejos da cozinha e do banheiro;
  • Fazer a lista de compra de alimentos e produtos que estão faltando;

E terminando com as atividade quinzenais:

  • Limpar tapetes e carpetes.
  • Arrumar a garagem, caso more em casa.
  • Organizar a despensa.
  • Limpar espelhos.

Usando os produtos adequados

Não basta apenas montar a sua rotina de limpeza, é preciso investir nos produtos certos. Afinal, existem muitas opções no mercado que provocam quadros de alergia — ou pioram os já existentes —, além de causar irritações na pele devido à substâncias nocivas.

Por esse motivo, dê sempre preferência a materiais de limpeza que sejam hipoalergênicos. Dessa maneira, eles não agredirão a sua saúde nem provocarão reações alérgicas.

Outro ponto importante é que, para uma escolha ecologicamente correta (isto é, que não prejudique o meio ambiente), é preciso que os produtos não sejam apenas biodegradáveis, mas que também não sejam derivados de petroquímica, tendo como base óleos vegetais saponificados de fontes renováveis.

Praticando o desapego

Com o tempo, muita gente desenvolve o hábito de guardar objetos, roupas e outras coisas que, em sua grande maioria, sequer possuem serventia. O resultado disso não poderia ser outro: acúmulo e uma consecutiva desorganização que se espalha por todos os cômodos da casa.

Por isso, inclua entre suas tarefas quinzenais uma pequena faxina em seus armários, gavetas e caixas organizadoras onde você recolherá tudo aquilo que não tem mais valor e está apenas ocupando espaço.

Você você pode doar para quem realmente precisa ou, em último caso, livrar-se desses objetos indesejados. Com essa simples atitude, a arrumação de sua residência inteira não ficará comprometida e você terá a consciência tranquila de ter consigo só o que realmente importa.

Como você leu, é possível manter a casa do jeito que você deseja, sempre limpa e organizada, com uma rotina de limpeza bem estabelecida. Por isso, aproveite todo o passo a passo e aplique-o em seu cotidiano!

Gostou do ler sobre as nossas dicas? Então assine a nossa newsletter e receba outras sugestões exclusivas para transformar o seu lar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This