Produto de limpeza que não agride a natureza também é muito eficiente

Levante a mão quem não gosta de um lar limpinho e cheiroso! Difícil, senão impossível, encontrar alguém que não goste de chegar em casa após um dia cansativo e relaxar em um ambiente organizado, com a louça limpa, móveis espanados, chão aspirado, banheiro lavado e aquele cheirinho de limpeza no ar. Infelizmente, para muitas pessoas, este “cheirinho de limpeza”, que costumeiramente significa um convite ao descanso, pode significar espirros, nariz coçando, pele irritada e as mais variadas alergias.

Esse tipo de reação a produtos de limpeza vem se tornando cada vez mais comum entre adultos e crianças. O motivo pode estar ligado a uma sobrecarga do nosso organismo à exposição frequente a produtos de limpeza que contêm substâncias como lixívia, amônia, cloro, conservantes e aromas sintéticos.

A adição dessas substâncias químicas em detergentes, multiusos e sabões convencionais tem como objetivo baratear os custos de produção, além de fazer com que os produtos de limpeza durem mais nas prateleiras.

Outro ponto importante para os fabricantes — que é inclusive bastante abordado em campanhas publicitárias — é a preocupação em garantir que o aroma prometido na embalagem seja de fato durável. Tudo isso pode parecer bastante inofensivo, mas o que ocorre na prática é uma quantidade considerável de substâncias tóxicas entrando em nossas casas e sendo inaladas por crianças, animais e adultos, causando um número crescente de desordens alérgicas.

Neste sentido, animais domésticos — como gatos, cachorros e até mesmo roedores — sofrem ainda mais: por serem menores e terem um olfato mais desenvolvido, os bichinhos estão mais propensos a sentirem o impacto dos odores artificiais e sua potencialidade em causar irritações.

Quais os impactos ambientais causados pelos agentes químicos?

E os problemas não param por aí. Assim como um multiuso ou detergente pode ser esquecido por meses na prateleira dos supermercados, ou da sua casa, e continuar em perfeitas condições de uso, a mesma coisa acontece quando estes produtos acabam indo parar no leito dos rios através do esgoto.

Toda aquela espuma oriunda de detergentes, sabões em pó e outros tipos de produtos de limpeza está repleta de conservantes químicos, antibactericidas e outras substâncias tóxicas. Todos esses agentes químicos são sintéticos em sua grande maioria e demoram muito tempo para se decompor no meio ambiente. Portanto, quando estes produtos chegam ao leito dos rios, eles acabam formando grandes concentrações de uma espuma branca, também chamadas de cisnes brancos. Essa espuma, por ser tóxica, ameaça a vida silvestre e é de difícil decomposição, o que acentua seu efeito poluidor.

Além de conter agentes tóxicos, a permanência dessa espuma na superfície da água acaba impedindo a entrada de luz do sol nos sistemas aquáticos. A entrada de luz do sol nos leitos dos rios é importante para a fauna fluvial, responsável por alimentar e servir de abrigo para animais como peixes e crustáceos. Sem a entrada de luz solar, essa vegetação acaba morrendo e prejudicando toda a cadeia alimentar dos ecossistemas fluviais.

A matéria orgânica oriunda de plantas e animais mortos pela ausência de luz acaba provocando desequilíbrios ambientais ao propiciar a proliferação excessiva de micro-organismos que atuam na decomposição desta matéria. Esse ciclo é responsável pelo mau cheiro dos rios, pela água turva e pela dificuldade em recuperar estes ecossistemas em desequilíbrio.

Produtos industrializados são melhores?

Os aromas acentuados dos produtos convencionais que encontramos nos mercados, sua durabilidade e a promessa de uma limpeza prática podem nos dar a falsa sensação de que estes produtos de limpeza elaborados a partir de agentes desenvolvidos pela indústria química são melhores do que os produtos de limpeza naturais. No entanto, essa crença não passa de uma ilusão.

Os produtos convencionais lançam mão de substâncias produzidas sinteticamente em laboratório com o objetivo de imitar os produtos naturais. Isso é feito com o intuito de baratear os custos de produção e, assim, tornar o negócio mais lucrativo.

Mas a verdade é que o segredo para manter uma casa limpa e organizada continua sendo o mesmo que as nossas avós já conheciam: o uso de produtos que encontramos na própria natureza. Ingredientes como limão, vinagre, essências naturais e sal são os responsáveis ontem e hoje por deixarem a casa mais limpa e por fazerem o serviço pesado por nós.

A diferença é que a indústria química deu uma nova roupagem para esses nossos velhos conhecidos, e essa nova roupagem tem um preço alto. As substâncias presentes em alguns produtos de limpeza (como a amônia, cloro e formaldeído) são apontadas como cancerígenas. O primeiro sinal de que elas têm um impacto na saúde são as alergias causadas em adultos, crianças e animais domésticos.

Quais as vantagens de usar produtos naturais?

Mas cuidar da casa não precisa ser sinônimo de deixar de cuidar da nossa saúde e da saúde do planeta. Felizmente, o setor de produtos de limpeza de base vegetal naturais e biodegradáveis vem crescendo cada dia mais no Brasil. Para ter certeza de que você está comprando um produto seguro para sua família e para o meio ambiente, é importante ficar sempre atenta às informações contidas nos rótulos. Esse trabalho é especialmente difícil em produtos de limpeza, porque, diferentemente dos alimentos, em que o fabricante é obrigado a especificar a composição da mercadoria, esta obrigação não existe para os produtos de limpeza.

Portanto, é importante optar por marcas que tenham como valor o compromisso de cuidar do meio ambiente e que adotem uma política de transparência com o consumidor. Esses detalhes já são grandes indicativos da qualidade do produto que você está adquirindo.

Este cuidado é algo que faz toda a diferença. Limpando sua casa com produtos de limpeza que não colocam em risco sua família e o meio ambiente, finalmente aquele cheirinho agradável realmente será um convite ao descanso e ao relaxamento. Afinal, é bem mais simples descansar sem o nariz coçando, as mãos ressecadas pelo manuseio de produtos químicos ou a dor no coração de ver indo pelo ralo uma série de produtos sintéticos que vão fazer mal para o mundo que queremos deixar para os nossos filhos.

Se você quiser saber mais sobre tipos de produto de limpeza natural, siga a gente no Instagram e no Facebook e fique sempre atualizada sobre os nossos posts!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This